As melhores Apostas Desportivas em Portugal

Os 10 passos para a desgraça nas apostas desportivas

  1. Aposta mais do que deves;
  2. Tu tens sempre razão;
  3. Se a odd é baixa o resultado é certo;
  4. Aposta muito para compensar aquela em que perdeste;
  5. As apostas ao vivo são tuas amigas;
  6. Se todos dizem que sim que sou eu para dizer que não;
  7. Juntar pequenas odds em múltiplas é um sucesso;
  8. Apostar sempre nas apostas sim ou não;
  9. Os jogos no Cazaquistão são sempre certinhos;
  10. Muitas apostas por dia dão saúde e alegria;

Passemos a explicação destes 10 pontos negros:

1 – Aposta mais do que deves:

Um dos maiores problemas das apostas é que elas viciam, e muitas vezes para se ir atrás do prejuízo entramos numa espiral de apostas que só nos levam ao fundo e a gastar o que temos e o que não temos. Isto é um problema sério e não deve ser encarado ligeiramente. São muitos os casos conhecidos das desgraças que o jogo/apostas provocou.

Dito isto, nunca mas mesmo nunca apostem dinheiro que não possam perder e se sentirem que estão a abusar fechem as contas e procurem ajuda especializada. Irei falar mais sobre o tema e colocarei informação sobre o assunto.

2 – Tu tens sempre razão:

Claro que tens, então se o clube x é tão bom então não vai ganhar? Não nem sempre temos razão e o feeling muitas vezes não serve para nada. Nunca apostem com o coração, nem tentem adivinhar só porque acham que estão certos.

O erro é que ensina e a análise cuidada das falhas permite uma melhoria de performance nas apostas seguintes.

3 – Se a odd é baixa o resultado é certo:

Um dos maiores enganos e uma das razões porque se perde imenso dinheiro nas apostas. Uma odd baixa é meio caminho andado para se perder. Todo o desporto é fértil em surpresas e arriscar dinheiro em odds de 1.1, 1.2 é pedir para se perder. Lembrem-se que por cada aposta a uma odd de 1.1 tem de ganhar 10 a mesma odd para recuperar e isso é complicado. Além do mais prognósticos só no fim do jogo.

4 – Aposta muito para compensar aquela em que perdeste:

Outro erro típico é a “sofreguidão apostária” na tentativa de recuperar imediatamente a aposta perdida.
Vejamos um exemplo baseado no passo 3:
Apostamos 100€ numa odd de 1.2 e perdemos os 100€, então tentamos logo arranjar apostas onde achamos que vamos recuperar capital e vamos apostar sem conhecer o mercado em odd superiores a 2 (o retorno é igual ou superior ao apostado) e apostamos 100€ numa odd de 2 e pasme-se perdemos… o que aumenta o prejuizo para 200 €. É claro que podíamos ter ganho e assim ficado com saldo zero,  mas temos de perceber que quanto maior é a odd mais provável é que seja perdida.
Este tipo de comportamento pulveriza uma carteira e não é nada recomendável.
Nas apostas devemos estar cientes que vamos perder algumas, e o que interessa é a qualidade dos acertos e não a quantidade de apostas que fazemos.

5 – As apostas ao vivo são tuas amigas:

Apostar ao vivo só se deve fazer se estivermos a ver o evento pois de outra maneira é um convite para a desgraça e sobretudo não se deixem enganar pelas aparentes odds baixas e fáceis, pois embora possam só faltar 5 minutos para o fim se não estivermos a ver o que se passa podemos facilmente perder a aposta.

6 – Se todos dizem que sim que sou eu para dizer que não:

Embora exista muita informação disponível não se deve seguir as famosas tips assim sem mais nem menos, é preciso sempre ter um olhar critico as coisas que se dizem sobre determinado evento pois basear as apostas em algo que se diz sem se perceber bem o que se está a dizer é meio caminho andado para se perder.

Convém sempre termos cuidado com o que se lê e desenvolvermos os nosso próprios métodos de analise.

7 – Juntar pequenas odds em múltiplas é um sucesso:

É demasiado tentador tomar pequenas odds como garantidas e somar as mesmas para se ter uma melhor odd e assim aumentar o nosso pecúlio. Mas como a soma de pequenas coisas não é sinal de sucesso e sobretudo, como já explicamos, não é garantia de nada, o melhor é evitar as múltiplas.

8 – Apostar sempre nas apostas sim ou não:

Estas apostas são as chamadas de pura sorte, as de moeda ao ar.  São apostas sem nenhum valor estatistico ou dito de outra forma são de 50/50.  São apostas como “quem vai começar”, ” se joga com o equipamento alternativo”, etc. São apostas de evitar e que temos tanta probabilidade de perder como ganhar.

9 – Os jogos no Cazaquistão são sempre certinhos:

Se não conheces o mercado não apostes, não é por parecer fácil e ganhadora a aposta que ela vai ser ganhadora. Conhecer o mercado/desporto é essencial para o sucesso.

10 – Muitas apostas por dia dão saúde e alegria:

A ganância, o aparente lucro fácil, a compensação pelas perdas, a sofreguidão  em suma os excessos nas apostas, como na vida, não são bons. A ideia é ter calma ir construindo uma boa carteira com consistência e apostando certo. Não adianta apostar muito, adianta é apostar melhor e certeiro.

Estes são para mim os 10 passos a não fazer, o caminho que não devemos trilhar e serão sempre actualizados quando achar necessário. Posso dizer que já dei alguns e não foi bonito, e de certeza que muitos apostadores já passaram por alguns. É caindo em alguns erros que se aprende, mas é muito importante não os repetir e esse é um desafio que todos enfrentamos.


a+p

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.