Jogo online rende 2.5 milhões à Seg. Social

Segundo o jornal diário, as apostas online já reverteram à Segurança Social cerca de 2.5 milhões de euros em apenas seis meses.

Segundo consta entre Junho e Setembro de 2016 foram cobrados 1.2 milhões de euros e nos meses seguintes, Outubro e Dezembro foram cobrados cerca de 1.37 milhões de euros. Estes valores retratam as duas primeiras prestações da receita respeitante à Segurança Social, que está estimada para 34.52% do imposto especial do jogo online nas apostas desportivas à cota. A Segurança Social, segundo o exercício de Janeiro, arrecadou cerca de 2.9 milhões de euros com as apostas online. Como se podem lembrar a lei é recente e deixa à Segurança Social a impossibilidade de prever uma estimativa aproximada da próxima “fatia” a quem tem direito. Relativamente aos jogos sociais como o PLACARD e raspadinhas entre outros, a Segurança Social recebeu cerca de 19.5 milhões de euros, mais de 500 mil euros do que o igual mês do ano passado. Aqui a Seg. Social estima arrecadar cerca de 205.8 milhões de euros, e a maior “parte” será proveniente da receita do Euromilhões. Alguns dados revelados é certo, mas está a faltar ainda saber os valores concretos pelas empresas que estão no mercado online. Fonte: CM [banner-group name=”post-bt-apostas”] [banner-group name=”post”]

Add a Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.