Federação Egípcia também tem queixas sobre a votação do The Best

A Federação Egípcia de Futebol terá alegadamente pedido explicações à FIFA, no sentido de perceber o motivo pelo qual os seus votos não foram contabilizados no prémio The Best.

Tanto o selecionador Shawky Gharib como o capitão Ahmed Elmohamady terão atribuído 5 pontos (pontuação máxima) a Mohamed Salah, mas não foram contabilizados.

Hany Danial, representante da comunicação social egípcia, é o único votante daquele país que aparece, de forma oficial, na lista. O jornalista egípcio colocou o extremo do Liverpool na 3ª posição, Cristiano Ronaldo em 2º e Sadio Mané em 1º.

No final da cerimónia, Mohamed Salah removeu o seu país de origem na sua página do Instagram e escreveu: “Façam o que fizerem, nunca irão mudar o meu amor pelo Egipto“.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.